A destituição de Edson Nunes como pastor da Nova Semente resulta de punições injustificadas que envolvem instâncias superiores da administração adventista; membros resistem e exigem transparência e fidelidade aos regulamentos da igreja